Tecnologia nas Olimpíadas: Tweets comandarão show de luzes na London Eye


Logo Londres 2012Essas Olimpíadas prometem oferecer muita tecnologia e o resultado disso será muito entretenimento para os espectadores. Já mencionei a enorme rede WiFi que estará disponível nas sedes olímpicas da cidade (leia clicando aqui), e hoje um inédito show de luzes começará em um dos pontos turísticos da cidade (London Eye, a roda gigante que fica perto do Parlamento em Londres) e se repetirá todas as noites às 9 horas até o final das Olimpíadas.

O interessante dessa apresentação é que ela será motivada pela energia transmitida em mensagens do Twitter. Isso mesmo, se as mensagens do Twitter (provenientes de público em UK) demonstrarem um sentimento positivo, London Eye será iluminada em amarelo, se negativo, a cor será roxa e se o sentimento transmitido for neutro, a cor será verde.

London Eye

Os responsáveis são um grupo de estudantes do MIT (Massachusetts Institute of Technology) e um professor britânico, que desenvolveram um algoritmo pra analisar as mensagens postadas no Twitter. O sistema verifica um vocabulário de 2750 termos comuns que expressam sentimentos (por exemplo, emoticons). Cada termo recebeu uma pontuação de acordo com positividade/negatividade e a partir dessa pontuação, a cor é determinada.

Vamos curtir esse show!

O show será transmitido ao vivo em: http://www.edfenergy.com/brand/energy-of-the-nation/

Para mais detalhes, leiam o artigo original: http://www.telegraph.co.uk/technology/news/9408783/Happy-Olympic-tweeters-to-light-up-London-Eye.html

Últimos 5 artigos de Thayani Conaggin

Sobre Thayani Conaggin

De Londres-UK, bacharel em Analise de Sistemas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas e Técnica em Processamento de Dados pelo Cotuca. Trabalhou na área por aproximadamente 10 anos. Iniciou sua carreira como estagiária no Hospital de Clinicas da Unicamp em 1999 e, desde então, trabalhou com diversas tecnologias, sendo os últimos anos dedicados à programação Java. Devido ao aumento expressivo de empresas internacionais investindo em outsourcing no Brasil, em 2006 resolveu investir na comunicação através do estudo da língua inglesa e devido a isso, trabalhou em projetos para clientes internacionais. Atualmente mora em Londres e após realizar curso de business english assim que chegou no pais, não trabalha por motivos pessoais, porém mantém-se atualizada através de desenvolvimento de websites pessoais. Seus objetivos estão relacionados à área de analise de negócios.

Deixe uma resposta