Currículo – Transforme o seu! (Parte I)


CurriculoComo prometido no post mais recente (a long time ago), vou dar algumas dicas sobre como melhorar seu currículo. Eu venho assistindo palestras sobre currículo, entrevistas e tudo mais desde o ensino médio, e de tanto ouvir quase a mesma coisa acabou virando rotina e eu pensei que fosse tudo óbvio e todo mundo tivesse obrigação de saber daquelas coisas.

Mas não é óbvio. As pessoas não tem obrigação de saber. Todo mundo que tem um currículo bem elaborado hoje, já ouviu críticas ou sugestões de alguém ontem!

Formato

Eu vejo com bons olhos quando recebo currículos em PDF, estes são sempre os mais legíveis e bonitos. Eles já estão com “acabamento”. Pode ser terrível se tiver que editar, tirar dados ou incluir observações para mandar pra clientes. Mas você já causou uma boa primeira impressão, então eu vou fazer um esforcinho, e acredito que outros também façam. Só não protejam o arquivo!

Não tem problema nenhum mandar arquivos editáveis, um Ctrl+C/Ctrl+V resolve tudo!

Mas, PELAMORDEDEUS não usem tabela pra diagramar o currículo, fica horrível!

Todo mundo tá vendo a gambiarra que você fez pra sair tudo certinho na folha, impresso fica lindo, mas quando você abre é um emaranhado de linhas que ninguém entende nada.

Vai, faz uma forcinha que você é capaz de usar Alinhamento e Tamanho de Fonte e deixar bem bonitinho.

Você pode usar tabelas para deixar algum item do currículo melhor explicado, mas que ela sirva realmente como uma tabela.

Cores – Gosto do bom e velho preto no branco, que não tem erro, mas já vi currículos muito bem formatados e com cores em algumas linhas ou títulos.

Use o bom gosto e o bom senso.

Foto

Eu acho esquisito, mas não faço distinção de currículos com ou sem foto, na maioria das vezes não presto atenção na foto, pois não quero que mesmo inconscientemente acabe virando um item de classificação.

Por que vira, principalmente se o cara coloca uma foto de regata, com óculos na cabeça e mar ao fundo.

Opinião de uma analista de RH: “Sou totalmente a favor de foto 3×4 no currículo. Assim fica fácil de saber se eu já entrevistei/avaliei a pessoa antes.”

No momento em que me disse isso nós estávamos avaliando um CV com uma foto bizarra (e não era o surfista que citei mais acima), e perguntei o que ela pensava sobre isso. Então foto pode desde que seja daquelas horrorosas que a gente tira pra colocar em documentos.

Opinião pessoal: Eu não colocaria minha foto no meu currículo.

E a menos que seja para uma agencia de modelos, acho preconceituoso pedir que os candidatos enviem foto.

Últimos 5 artigos de Denise Ferreira

Sobre Denise Ferreira

De Campinas-SP, Tecnóloga em Análise de Sistemas pela Anhanguera Educacional Atua como Gerente de Contas em Consultoria na área de Soluções e Serviços em TI, na gestão operacional de uma das unidades de negócio. Experiência em suporte, documentação de padronização de processos e projetos de inclusão digital. Tem interesses em Gestão de Pessoas, Tecnologias Web, Fotografia Digital, Design e Gadgets.

Deixe uma resposta