Redução de imposto para os games? Very hard! 1


Quem é gamer sabe que, aqui no Brasil, dói muito no bolso satisfazer a vontade de comprar aquele console predileto, o qual já se guarda dinheiro desde antes do lançamento, ou até mesmo um jogo recém lançado que já faz sua cabeça antes mesmo de sair do forno. Essa dor tem causa: imposto.

Em alguns casos os impostos nos games chegam a alcançar patamares acima de 200% sobre o valor do produto. É muita coisa. Tá duvidando? Então veja:

Peguemos como exemplo um jogo familiar do Nintendo Wii, o Wii Sports Resorts, um game considerado excelente devido sua fácil jogabilidade e elevada diversão.

Nos EUA encontramos este game em média por U$ 69,99. Aqui no Brasil encontramos o mesmo jogo por aproximadamente R$ 270,00! Uma pechincha não?

Claro, temos que levar em consideração os custos do importador, do comerciante etc. Mas justifica tamanho aumento? Claro que sim, os impostos estão aí. Como tornar o mercado atrativo para as produtoras com tributos tão elevados?

O projeto de lei 300/07, que prevê redução dos impostos nos games está parado deste 2008 na câmara e existe uma campanha na internet divulgando esta informação. Leia um trecho do texto retirado do site da campanha:

“A indústria global de videogames já ultrapassou a indústria do cinema e da música.

Mas o Brasil representa apenas 0,5% da indústria de videogames.
Até o México, muito menor que o Brasil, já chegou aos 2%.

Por quê?

Por causa dos altos impostos que fazem consoles e jogos custarem até o triplo do que custam nos Estados Unidos.
Essa situação é absurda.
Os impostos altos:
– estimulam a pirataria
– prejudicam o consumidor
– prejudicam os varejistas
– prejudicam milhares de estudantes de desenvolvimento e design de games
– prejudicam desenvolvedores e publishers de games
– desestimulam investimento nas tecnologias de ponta, necessárias para o desenvolvimento de games no Brasil
– desestimulam as grandes empresas de games de investir no Brasil.

A campanha CAMPANHA IMPOSTO JUSTO PARA VIDEO GAMES tem o objetivo de forçar a aprovação desta lei, através da pressão organizada dos brasileiros.
Através de um abaixo assinado e de uma campanha online, faremos chegar a Brasília a voz de milhões de gamers e do mercado organizado de videogames.

Para saber mais acesse o site da campanha em: http://www.impostojustoparavideogames.com.br/

Caso queira enviar uma mensagem ao Sr. Deputado Antonio Palocci, relator designado para este projeto, acesse: http://bit.ly/928Fsx (lá você pode Sugerir, Elogiar, Reclamar e Solicitar)

Para acessar a Câmara dos Deputados e ler o projeto em sua íntegra, acesse: http://www.camara.gov.br/sileg/default.asp

Últimos 5 artigos de Gabriel Angeli

Sobre Gabriel Angeli

De Campinas-SP, graduado em Análise de Sistemas pela Universidade Paulista. Atua como desenvolvedor líder em uma empresa de consultoria e desenvolvimento de sistemas E.R.P. Gabriel é fanático por games e também adora animação digital, ficção científica e ufologia.

Deixe uma resposta

Um pensamento em “Redução de imposto para os games? Very hard!

  • Anderson

    Já era tempo… mas o país do jeito de hoje não muda tão cedo com os impostos… se cortar os impostos, o Governo não vai lucrar os bilhões de hoje e vai roubar mais ainda… o que afundaria cada dia mais o brasil… 🙁