Dr. Fusão: O lixo no tanque do seu carro. 1


Técnica revolucionária para transformar lixo em combustível.
Não é uma engenchoca do Dr. Brown parafusada no seu Chevette… ainda.

O professor Henry Daniell, da Universidade da Flórida, resolveu pôr para trabalhar certas enzimas encontradas na natureza. Acontece que, tais enzimas – derivadas de plantas – podem produzir etanol a partir de processos utlilizando-se lixo, desde jornais velhos até cascas de laranja. Todo o “faz-me-rir” dinheiro necessário para a façanha vem dos fundos do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

O lixo é processado e transformado em açúcar, que fermentado vira etanol: “Daria para produzir 750 milhões de litros de etanol por ano, somente com as sobras da produção de suco de laranja na Flórida.” – afirma o professor. Cada tipo de lixo requer um “cocktail” diferente das prestativas enzimas.

Daniell ainda comenta que, por se tratar de um tipo de processo do lixo, a produção de etanol desta maneira não afeta o setor alimentício, uma vez que a maior parte da produção do combustível nos Estados Unidos é baseada em milho.

Acho que já vi esse filme antes…

Via:  Gizmodo & Physorg

Últimos 5 artigos de Gabriel Angeli

Sobre Gabriel Angeli

De Campinas-SP, graduado em Análise de Sistemas pela Universidade Paulista. Atua como desenvolvedor líder em uma empresa de consultoria e desenvolvimento de sistemas E.R.P. Gabriel é fanático por games e também adora animação digital, ficção científica e ufologia.

Deixe uma resposta

Um pensamento em “Dr. Fusão: O lixo no tanque do seu carro.