Crie softwares criativo 5


brain-creativity-thumb7383646

Já tenho comentado com alguns alunos em conversas particulares, que atualmente projetos relacionado a sustentabilidade estão em alta. Até a IBM possui um concurso para este tipo de projeto, de qualquer forma a responsabilidade social, preservação do meio ambiente e itens relacionados devem ser preocupação da nossa geração caso contrário corremos o risco de sermos rotularizado pelas próximas gerações (gerações de nossos filhos e netos) como a geração que destruiu o planeta e pouco se preocupou com o futuro. Do jeito que anda as coisas essa afirmação não esta longe da verdade.

Quando imaginamos softwares, nos limitamos a pensar apenas no convencional, telas, cadastros, relatórios e não nos damos conta das imensidão de possibilidades existente, pois estamos preso em um paradigma de desenvolvimento tradicional de software.

Ideias criativas não precisam ser complexas. Quer um exemplo ? O twitter, talvez você se pergunte, como não pensaram nisso antes! (Leia também: Ideias idiotas, ideias brilhantes)

Eu particularmente acredito que projetos universitários que consigam de alguma forma contribuir para um mundo melhor tem grandes chances de sucesso.  Possibilitar que alguém aprenda algo útil de forma divertida (como um jogo por exemplo) é um desafio.

E você, que tipo de software “criativo” já pensou em fazer? Deixe seu comentário.

Abaixo segue alguns links sobre o desenvolvimento de jogos educativos:
ISEP cria jogos educativos
Desenvolvimento de jogos educativos para pessoas com necessidades especiais
Estudantes produzem jogos educativos

Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta

5 pensamentos em “Crie softwares criativo

  • samuel_cazelli

    Estudo em uma faculdade publica(Fatec Americana) e percebo uma grande apatia por parte da equipe acadêmica, e principalmente por parte dos alunos. É fato que os professores tem que incentivar os alunos, mas por outro lado não dá para deixar esse papel apenas nas mãos deles. Como diz aquela frase: 'os alunos é que fazem a escola'.

    Para quem, assim como eu, que acredita na simplificação das coisas fica a dica deste livro: http://gettingreal.37signals.com/GR_por.php (é gratuito).

    • Marco Antonio

      samuel, nada do que foi falado aqui, "deixa o papel apenas nas mãos deles", isso é da sua cabeça!

      "O aluno faz a escola?"

      fui representante de classe 2 anos, e com toda pressão que faziamos, tudo era muito dificil, palavras do proprio diretor na nossa formatura , o qual tenho gravado em audio e video!

      esse papo, "O aluno é que faz a escola…", poxa cara, que papo é esse? me mostra uma faculdade nesse País continental que isso aconteceu?

      e finalizando, então se é o Aluno que faz a escola, para vc, retiro meu comentário, e atribuo a culpa a vc aluno!

      e retiro

  • Marco Antonio

    Parabéns por mais essa matéria querido Mestre hipper super Dinâmico Eduardo:

    hoje eu estava pensando: puxa vida, fui atras de participar de um desses concursos de projetos da faculdade, mas precisava de coisas, que era impossivel para o aluno comum!

    tinha premios do Santander e tal…mas as condições do regulamento, tornavam impossivel a participação!!!

    –eu penso que se tivesse algo do tipo: a faculdade faz um concurso explorando o seu exposto, dando por exemplo, um desconto de 3 mensalidades para o primeiro colocado 2 mensalidades para o segundo, e 1 para o 3º colocado…com certeza apareceria alguma coisa de ambito nacional!

    uma das coisas que alvancariam isso Mestre…era o comprometimento das faculdades, em ser diferentes das outras, vaidade mesmo, vontade de fazer algo para levar no exterior batendo no peito!!! fala-se tanto de competitividade, mas falta isso para a propria faculdade!!

    veja bem o que se gasta com publicidade????

    quer maior publicidade que vc ter alunos seus motivados e contagiando os outros alunos com essa motivação, e arrebentando no projeto? é bom para o Mestre, para a faculdade, para a cidade, para o estado, para o País, enfim…

    esses bancos enterrados na grana, que só fazem concursos elitizados, com nome para os bois, é bem Brasil colonia mesmo!

    o que tirou a italia da mrd depois da 2ª guerra mundial?

    "comodos de fundos de casas velhas caindo aos pedaços que faziam cintos, luvas para as mãos, e bolsas como a marca GUCCI"

    no Brasil, o que eu noto nos meus 50 anos, é a sofisticação de uma minoria, para sempre, sempre, sempre, dificultar o acesso da maioria, a altos niveis de acesso começando pelo sistema de ensino ridiculo e sem ambição que temos!

    sabem o que tirou a IRLANDA da mrd???

    um programa nacional de massificação e dissiminação da informática, e são o 4º centro de autenticação da microsoft no mundo hoje!!

    sabe o que eram os irlandeses antes disso?

    plantadores de cebola e mão de obra braçal para a europa como o pessoal do nosso Nordeste hoje!!

    **eles diziam que o que eles tinham para exportar eram eles mesmos!!! — hoje ficam na fila para receber o BMW importado, e contratam ingleses para mão de obra braçal**

    acredito pra karamba nessa meninada nossa…mas os velhos que ainda dirijem o País, parece ter um medo gigantesco que essa rapaziada os consuma no seu primitivismo letárgico e malévolo!

    mas também tenho certeza…que a hora que os filhinhos de papai nesse País, resolverem ser "Cheguevara", ai teremos o Brasil desses meninos!

    ass: Marco Antonio Corigliano

    • Eduardo Costa - Dime

      Bem construtivo seu comentário Marco.

      "quer maior publicidade que vc ter alunos seus motivados e contagiando os outros alunos com essa motivação, e arrebentando no projeto"

      Realmente não há maior publicidade do que a satisfação do aluno. Esse tipo de publicidade não se compra, se conquista.

      abraços.

      • Marco Antonio

        e vc é um Mestre apto para isso!
        vc não se impõe limites, se seus alunos souberem aproveitar o que vc vem demonstrando que está alcançando…sei que ouviremos falar muito de suas realizações em ambito nacional e internacional!
        como sempre…sendo util e sincero, e não agradável.