Programar é difícil para você? 2


monitorcover

O Ângelo Beck tem 27 anos e é um exemplo inspirador de superação: ele é um programador cego. Pare para pensar no que estas duas palavras juntas significam: programador cego.

O programador passa horas de seu dia em frente ao computador, lendo, digitando e testando códigos. Os códigos começam simples mas rapidamente ficam complexos à medida que o programa cresce. É fácil se perder em meio ao código, é preciso constantemente reler algum trecho ou pular rapidamente para a definição de uma função, ver quais são seus argumentos, analisar seus algoritmos. O programador consegue reter em sua cabeça parte do funcionamento de um programa, mas os detalhes só são conhecidos com a leitura e análise do código. O cego não enxerga.

E como alguém que não enxerga pode programar códigos?

Conheça mais sobre essa experiência no Blog do Aurélio (O Verde).

Mas antes de ler a matéria do Aurélio, tente imaginar a força de vontade e persistência de Ângelo para superar as dificuldades de programar sem enxergar o código. E esses dois itens todos têm porem muitas vezes não fazemos o mínimo de esforço para aprender algo e ainda reclamamos que não sabemos. Contraditório não!?

Não deixe também de ler nosso post anterior:

DOSVOX viabiliza o acesso de deficiente visuais a informática

Agradecimentos ao Junio Ricardo sobre a dica de tema.
Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta

2 pensamentos em “Programar é difícil para você?