Ideias idiotas, ideias brilhantes 3


a-bright-idea Eu costumo dizer que a quantidade de ideias brilhantes que você terá é proporcional a quantidade de ideias idiotas que você tem. Ou seja, sem ideias idiotas não há ideias brilhantes. Quem um dia já não pensou em algo que “poderia” ser muito bacana mas acabou por dizer “viajei legal agora”. Imagine quantos devem ter dito que Thomas Edson era louco quanto este tentava criar o que chamamos hoje de Lâmpada. O que separa uma ideia idiota de uma brilhante é o empreendedorismo que faz com que essa ideia seja colocada em prática e vê se da certo ou não.

O legal é que em desenvolvimento de software isso em teoria é mais fácil, você tem a ideia de um software, estuda uma linguagem e coloca em pratica. O negócio da certo você melhora e pronto. Nasce ai um produto, serviço ou sei lá o que.

Um brinde as ideias idiotas e brilhantes! Veja o vídeo abaixo:

O vídeo acima foi produzido por um engenheiro de software que nas horas vagas criou um software onde seu telefone celular virou um controle remoto. Colocou o vídeo no Youtube da brincadeira, a McLaren gostou e veja no que deu…

Que ideia idiota… 🙂

Comente aqui alguma ideia “Idiota” que você teve mas não colocou em prática.

Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta

3 pensamentos em “Ideias idiotas, ideias brilhantes

  • Lúcio

    Idéia idiota !? Aonde isso é idiota !? É fantástico !!!

    Um celular que controla uma máquina da Fórmula 1.

    Eu fico imaginando o porte desse software para ser capaz de uma coisa dessas. Está certo que não se compara a muitas coisas já existentes nas corridas de fórmula 1, mas mesmo assim não deixa de ser algo incrível.

    • Eduardo Costa - Dime

      É uma idéia criativa. Não acredito que seja um software "robusto". Uma vez que o Hardware (Carro de formula 1) ja esta preparado para este tipo de comando, o software vai apenas disparar o evento. Mas realmente é bacana.