Enciclopedia Impressa X Internet


BARSA

A Internet fez desaparecer as antigas enciclopédias impressas, certo? Errado.
Lemos na revista Veja (edição de 15 de fevereiro de 2009) que a enciclopédia Barsa teve seu faturamento triplicado nos últimos cinco anos, recuperando-se do descrédito em que estava mergulhada desde 1997, sob o efeito da Internet.

A Internet apesar de ser um meio mais barato e rápido de se fazer pesquisas ou
consultar informações, é vista com reserva por muitos pais e educadores: os estudantes se dispersam facilmente, visitam sites não relacionados aos temas das pesquisas e usam fontes de credibilidade duvidosa.

Assim, os vendedores da Barsa conseguem convencer muitos pais de que o velho formato impresso de enciclopédia ainda é válido por conter informações suficientemente atualizadas e confiáveis e, portanto, adequadas às pesquisas
escolares. Para muitos professores, mecanismos como o Google, convidam o estudante a não pensar, o ato de “copiar-colar” de material contido no primeiro ou segundo link dominaria a ideia de “pesquisa” na cabeça dos estudantes.

A internet tem se tornado um reduto de conteúdo inútil, não confiável e repetido, afora o fato de dispersão ao se pesquisar. O que você aluno acha ? As enciclopédias impressas é uma boa opção ?

Fonte: BARBOSA, R. Pesquisa na Internet, direitos autorais e distância
transacional. Material da 2ª. aula da Disciplina Tecnologias
Aplicadas ao ensino e aprendizagem, ministrada no Curso de Pós-
Graduação Lato Sensu em Didática e Metodologia do Ensino
Superior – Programa Permanente de Capacitação Docente.
Valinhos, SP: Anhanguera Educacional, 2009.

Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta