Speedy da Telefônica: Dor de cabeça e desrespeito ao consumidor 13


speedy_telefonica

Pela terceira noite consecutiva, o serviço de banda larga da Telefônica, o Speedy, ficou instável deixando seus usuários sem conexão e acima de tudo irritados. Quem consegue conexão, tem dificuldades abrir algumas páginas, ou acessar serviços como Messenger, Twitter entre outros.

Vários portais de notícias estão divulgando as reclamações dos usuários, porém a Telefônica insiste em dizer que não há problemas em sua rede e neste ponto entra a minha indignação. Como um grupo de várias pessoas podem ao mesmo tempo dizer em blogs, comentários em sites de tecnologia como este, fóruns, Twitter, entre outros, que estão com dificuldades e a Telefônica simplesmente negar os fatos? Está mais que comprovado que a empresa não liga para os seus consumidores justamente porque não há, em muitas localidades, uma concorrência leal. Muitos dos seus clientes só continuam com os serviços porque não há uma outra opção de telefonia e/ou banda larga.

A Anatel que deveria fiscalizar faz vista grossa para os ocorridos e só ordenou um desconto para os consumidores uma única vez, devido uma pane grave nos servidores de DNS da Telefônica em 2008 que deixou além de lares e empresas, órgãos do governo sem conexão. Se você quiser abatimento desse período atual sem conexão, precisa registrar um chamado, algo impossível pelo telefone 10315 já que só vive ocupado ou quando não, cai a ligação. As regras de atendimento para as empresas de call center mudaram, mas na prática tudo continua da mesma forma precária de sempre.

Até quando o consumidor brasileiro será vítima das multinacionais de telecom que faturam bilhões no nosso país e não respeitam as leis, passando por cima de tudo e de todos com serviços de péssima qualidade?

Qual a sua opinião sobre o assunto e como os nossos governantes poderiam ajudar para mudar esta situação?

Fontes:

Veja; Info; Globo.com; Folha;

Últimos 5 artigos de Fernando Fonte

Sobre Fernando Fonte

De Campinas-SP, bacharel em Ciência da Computação. Atua como Analista Programador em uma empresa de tecnologia. Tem experiência no desenvolvendo de softwares para comunicação e controle de hadware via porta serial e sistemas ERP. Possui conhecimento em sistemas operacionais Windows, programação Delphi e Visual Basic 6 e Banco de Dados SQL Server e MySQL. Atualmente estuda C# e Android. Tem interesse em Jogos, Celulares, Smartphones, Notebooks e tudo que for relacionado a tecnologia. Fundador deste site e editor chefe, convidou amigos para lhe ajudar com este projeto.

Deixe uma resposta

13 pensamentos em “Speedy da Telefônica: Dor de cabeça e desrespeito ao consumidor

  • Fausto Ferreira

    Acredito que estamos a mercê do monópolio na telefonia, sendo que no estado de São Paulo, a empresa infelizmente detentora é a Telefônica. Quando teremos uma portabilidade neste assunto para fazer valer nosso direito em adquirir um produto com qualidade e que a empresa realmente respeite o consumidor? Realmente não sei. Também tentei ligar na Telefônica pelo 10315 e de imediato já dava ocupado. Quantas solicitações já fiz para reparos, que só mesmo foram atendidas depois de registrar reclamação na Anatel. É uma pouca vergonha uma empresa de telefonia que detém o Estado de São Paulo, o mais rico do país, tratar tão mal seus clientes. Temos sim que protestar, pois o governo já privatizou e ainda está privatizando várias empresas estatais, que são um patrimônio do povo, mas não fiscaliza como estas empresas atuam no sentido de atender seus clientes com respeito e qualidade.

    • Marco Antonio

      não acredito nisso não!
      essa é a saída desesperada, porque, que hacker que está sendo acusado? do Brasil? do exterior? porque ela alegava que estava normal, quando reclamavam que não estava…agora além admitir que *mentia, ainda saca essa "estória"??? a verdade é que a nossa Banda Larga, em pesquisa divulgada nos meios televisivos principalmente, é a custo benefício, é a pior do Mundo? me admira somente os empresários brasileiros aceitarem essa situação, sem usar seus recursos, pois estes tem força para isso…

  • Gabriel Domingues -

    Vale a pena tentar:

    " Para minimizar o problema, o UOL orienta os usuários a fazerem um teste: alterar o DNS do computador pelo da empresa. Assinantes e não-assinantes podem experimentar a alternativa seguindo o passo-a-passo abaixo:

    1. No Windows XP, vá em Iniciar > Painel de Controle;

    2. Vá em Conexões de Rede;

    3. Selecione a sua conexão do Speedy e clique em Propriedades;

    4. Selecione a aba Internet Protocol (TCP/IP) e depois clique em Propriedades;

    5. Selecione a última opção, Utilize o seguinte endereço DNS:

    * No primeiro campo, digite 200.221.11.101.

    * No campo abaixo, 200.221.11.100.

    Esses números correspondem ao DNS do UOL.

    Em caso de dúvidas, o assinante pode entrar em contato com a Central de Atendimento pelos telefones 4003-2002 ou 0800 771-7774, dependendo da localidade. "

      • Eduardo Costa - Dime

        Boa fernando… manda um artigo sobre isso!

        Você sabe que me ocorreu algo estranho semana passada.

        Dois computadores compartilhando a internet,

        um acessava todos as paginas… o outro navegava normalmente mas não acessava google nem gmail.

        Tive que colocar IP fixo com Open DNS em apenas uma maquina.

        Agora vai lá saber por que a outra funcionava!

        • Marco Antonio

          aconteceu comigo algo parecido ontém, conectava na Banda Larga, mas só acessava o site da Fac4 a uns 400 metros da minha casa, o resto…por uma hora não conectava nada!! nunca ví isso!!!!

    • Eduardo Costa - Dime

      Marco,

      reparou em uma coisa nessas noticas…

      Procon PODE multar…

      Prodesp PROMETE multa….

      E multar mesmo para fazer valer lei… não sai do PODE, PROMETE etc.

  • Marco Antonio

    é isso mesmo, e não me lembro bem o que é agora, mas a telefonica está para pagar uma multa para o governo que chega a quase 10% do que ela faturou a até hoje, por não respeitar uma clausula de serviço, e não atender a uma "x" porcentagem, e não pagou ainda, pode até fechar se o governo cobrar, os interessados nessa informação, podem fuçar mais que ela procede!

  • Diogenes

    Concordo com vc Fernando. Eu estou com minha internet assim desde sexta. Passei o final de semana sem internet. Tenho um portal que recebe várias acessos e precisa escrever algumas noticias, precisei ir em uma lan house para fazer o que precisava, inclusive os trabalhos da faculdade. Liguei diversas vezes na Telefonica e eles sempre falando que nada estava acontecendo e que o problema era no meu bairro. Ficaram de enviar um técnico, mais a única coisa que eu recebi foi uma mensagem no celular dizendo que o técnico tentou entrar em contato, mais não conseguiu. Impossível!!! Sendo que eu fiquei em casa o tempo todo. Falta de respeito e mentirosos eles são!!! Depois disso, ontem eu liguei e fui informado que a central da telefônica está em manutenção e que eu breve dias tudo estará normalizado.

    Não aguento mais isso e já estou vendo uma outra opção de internet aqui, aliás, as duas únicas opções que tenho é internet via rádio e o 3G. Terei que recorrer a uma dessas opções, pois não aguento mais a Telefônica, fora que é um absurdo pagar por assinatura no telefone!!!

    Telefônica é a escória, um lixo e infelizmente os brasileiros não podem sair dessa, por falta de opção.

  • Eduardo Costa - Dime

    É aquela velha história: "Na prática, a teoria é outra"

    Do que adianta leis se não há fiscalização, do que adianta fiscalização se não há punição.

    Eu particularmente em todos os serviços de call center que tive que recorrer o tempo de espera foi superior a 5 minutos. Não esta escrito "em algum lugar" que deveria ser 1 ?!