Instalando Programas no Linux 2


Tux

Uma dificuldade para quem usava Windows e mudou para Linux foi aprender a como instalar programas. No Windows simplesmente seguiamos o NEXT, NEXT e FINISH, agora e no Linux? Bom não é tão difícil como você pensa, aqui vamos aprender a instalar qualquer tipo de programa.

Primeiro vamos conhecer as ferramentas de instalação, vou falar um pouco do apt-get e yum.

APT-GET

O apt-get é um programa que verifica em um repositório (páginas oficiais da distribuição onde fica concentrado os pacotes) se existe o programa que você quer instalar e se ele necessita de alguma dependência para ser instalado (por exemplo, você quer rodar uma aplicação feita em Java mas não tem Java no seu Linux, ele vai perguntar se deseja instalar o Java antes de instalar a aplição). Ele é muito prático pois não precisa esquentar a cabeça com a instalação, ele faz tudo para você.

Os comandos mais usados no apt-get:

#apt-get install <programa> -> Ele instala o programa.

#apt-get update -> Atualiza a lista de pacotes da distribuição.

#apt-get upgrade -> Atualiza os pacotes da sua distribuição.

#apt-get remove <programa> -> Remove o programa da distribuição.

#apt-cache search
<programa> -> Faz uma procura e verifica se existe o programa.

O apt-get é encontrado nas distribuições derivadas do Debian (Ubuntu, Kurumin), porém em algumas distribuições como o Suse pode ser instalado o apt-get.

YUM

O yum faz a mesma coisa que o apt-get porém ele foi criado pela equipe do Fedora e é encontrado em todas os Derivados do Red-Hat (Fedora, CentOS).

Os comandos mais usados no yum:

#yum install <programa> -> Instala o programa.

#yum list -> Lista os pacotes disponiveis da distribuição.

#yum update -> Atualiza a lista de pacotes da distribuição.

#yum upgrade -> Atualiza os pacotes da distribuição.

#yum remove <programa> -> Remove o programa da distribuição.

No linux também instalamos programas utilizando seu código fonte. Para isso usamos 3 comandos:

#./configure -> Executa um check-list para verificar se falta alguma dependência, acerta algumas configurações para que o fonte possa ser compilado.

#./make -> Compila o código fonte, criando binários e arquivos para ser instalado na distribuição.

#./make install -> Instala o programa já compilado na distribuição (instala os arquivos no seu devido lugar.)

A grande vantagem de instalar a partir do código fonte é que ele instala em qualquer distribuição e pode ser personalizado (essa parte tem que conhecer bastante programação pois você pode alterar o fonte e compilar do jeito que quiser).

Bom, aqui você conheceu as ferramentas de instalação, e como você leu, não tem segredo!! Para mais detalhes recomendo dar uma lida nos links:

http://www.infowester.com/aptget1.php
http://www.guiadohardware.net/tutoriais/centos/pagina3.html

Abraços e até a próxima.

Últimos 5 artigos de Bruno Neves

Sobre Bruno Neves

De Campinas-SP, bacharel em Sistemas de Informação e pós graduando em Redes e Telecomunicações. Trabalha atualmente como Especialista Unix na IBM em Hortolândia-SP. Teve contato com Linux pela primeira vez em Novembro de 2004 através de um curso de Extensão que a Faculdade oferecia. Se tornou membro da comunidade Viva o Linux e desde então foi aprendendo e conhecendo este sistema operacional flexível, robusto e estável. Atualmente tem conhecimento nos Sistemas Operacionais Solaris 9 e 10, AIX 5.3 e 6.1, HP-UX, Red-Hat Enterprise 4 e 5. Utiliza a distribuição Slackware 11, mas sua jornada começou com Red-hat 9, Fedora Core 1, 2, 3, Slackware 10.1, 10.2 e 11.

Deixe uma resposta

2 pensamentos em “Instalando Programas no Linux

  • claudiohenrique

    Oi gente é um grande prazer está aqui. uma pena que nao ensinam o caminho desde o começo,melhor seria se explicasse como se chega a esse tal de(#apt-get install )pois bem eu tentei mas nao consegui. acho que é porque eu sou novato, uma pena eu nao entender de linux achei o programa muito melhor que o windows.Mas se alguem puder me ajudar eu agradeço desde já. {Valeu comunidade Linux}

  • Angelo

    valeu pela dica, eu já estava desistindo de entender o pinguim, e esse lance de instalar programas nele é o que mais me desanimou. Se todo mundo que entende de linux ajudasse que nem vc está ajudando e não simplesmente mandasse buscar no google, acho que o linux estaria em muito mais PCs.