PMI x ABGP 4


INSTITUTOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NO BRASIL
PMI x ABGP

Atualmente, a área de gerenciamento de projetos está em alta no mercado. As organizações com o intuito de se destacarem em seus mercados de atuação, vêem essa área como diferencial estratégico, pois acreditam que os profissionais de projetos são capazes de otimizar processos, gerenciar pessoas e equipes, controlar custos, monitorar prazos e cronogramas, tudo isso dentro de uma perspectiva de qualidade estabelecida pela organização.

Com a valorização destes profissionais, surge uma dúvida dentro da comunidade de gerenciamento de projetos:

Por qual instituição deverei me filiar? Por qual guia deverei buscar informações sobre boas práticas de gerenciamento de projetos? Por qual instituição devo me certificar?

No Brasil, atualmente, existem duas entidades que representam a área de gerenciamento de projetos – o PMI e a ABGP. Dessa forma, este artigo procura esclarecer o que são estas duas instituições, quais as suas diferenças, o seu reconhecimento no mercado e sobre seus exames de certificação.

O PMI

O PMI – Project Management Institute – é a maior instituição mundial sem fins lucrativos. Foi estabelecida em 1969 e sediada na Pensilvânia, nos EUA. Possui, atualmente mais de 250.000 membros associados em 170 países.

Em sua fundação havia apenas 5 voluntários. No final dos anos 70 havia em torno de 2.000 associados no mundo. No início dos anos 90 havia cerca de 8.500 associados. É uma instituição que está comprometida com a área de gerenciamento de projetos e está crescendo muito a cada ano.

Os seus associados são profissionais que atuam e estudam gestão de projetos em diversas áreas. Computação, automobilística, terceiro setor, engenharia e serviço são algumas das áreas existentes em grupos de estudos dentro do PMI.

As filiais do PMI ao redor do mundo são chamadas de “Chapter”. O primeiro chapter no Brasil foi estabelecido em São Paulo. Hoje, há diversos chapters espalhados em vários Estados brasileiros. São eles: Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Ceará, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Amazonas.

O PMI desenvolveu o PMBOK Guide – Project Management Body of Knowlegde. Ele é um guia de melhores práticas de gerenciamento de projetos e abrange todo o universo do conhecimento desta profissão.

O PMBOK Guide sofre revisões a cada 4 anos. Neste ano de 2008 foi lançada a sua 4ª edição com destaque para o novo processo “Coletar Requisitos”. Todo o seu conteúdo é desenvolvido por membros do PMI que trabalham voluntariamente. Porém, o PMI é o autor e proprietário do PMBOK Guide, tendo todos os direitos reservados sobre esta marca registrada.

O PMBOK Guide contempla nove áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos. Essas áreas são as bases para a boa prática de gestão de projetos e todo o seu conteúdo é utilizado para a preparação de exames de certificação do PMI. Essas áreas são:

– Gerenciamento da integração do projeto;
– Gerenciamento do escopo do projeto;
– Gerenciamento do prazo do projeto;
– Gerenciamento do custo do projeto;
– Gerenciamento da qualidade do projeto;
– Gerenciamento dos recursos humanos do projeto;
– Gerenciamento da comunicação do projeto;
– Gerenciamento dos riscos do projeto;
– Gerenciamento das aquisições do projeto;

A figura 1 mostra toda a integração entre as áreas contidas no PMBOK Guide.

Figura 1 – As nove áreas do PMBOK Guide

A ABGP

A ABGP – Associação Brasileira de Gerenciamento de Projetos – é filiada ao IPMA (International Project Management Association) desde 2002. Ela incentiva a melhora da prática da profissão, contribui para a formação educacional em gerenciamento de projetos e certifica profissionais nesta área com validação internacional do IPMA.

O IPMA está registrado na Suíça. Da mesma forma que o PMI, é uma entidade sem fins lucrativos, cujo objetivo é promover o gerenciamento de projetos internacionalmente. Foi fundada em 1965 com o nome de INTERNET. Se tratava de um fórum de profissionais gerentes de projetos, onde compartilhavam informações sobre esta área. O IPMA está presente em mais de 30 países, principalmente nos países europeus.

O IPMA procura manter contato com o PMI e com o AIPM – Australian Institute for Project Management. No Brasil, a ABGP está presente nas cidades de Curitiba e Belo Horizonte.

Na próxima semana, voltarei com a segunda parte do artigo: Certificação. Até lá!

Últimos 5 artigos de Marcelo Castilho

Deixe uma resposta

4 pensamentos em “PMI x ABGP