Planejamento Estratégico Pessoal 3


estrategia Nesta semana na aula sobre Gestão de Processo de Qualidade  do MBA estavamos discutindo sobre as diversas ferramentas de gestão de qualidade, dentre as varias existentes vimos o chamado Roda de Demming ou Ciclo PDCA mais popularmente conhecido. Nosso professor Dr. Celso Hara com suas excelentes analogias e exemplos citou que este é um tipo de ferramenta que também pode ser aplicada em nossa vida pessoal. Não pude perder a oportunidade de tomar nota e resolvi escrever este artigo.

Não fomos treinados a desenvolver o habito de planejar, somos tendenciosos a pular esta fase e executar nossos planos para atingir “mais rapidamente” nossos objetivos. A grande consequência deste tendencioso vício é o aumento do índice de insucesso no cumprimento de nossos planos pessoais. Partir diretamente para execução sem o planejamento se aplica também em nossa carreira profissional.

O período de formação academica  não só nos ajuda ajuda a qualificar-se profissionalmente mas também oferece perspectiva para uma vida mais confortável. Para que este período seja mais proveitoso ao meu ver é importante ter objetivos bem definidos de onde se almeja chegar, dessa maneira os estudos serão mais proveitosos e motivantes pois se tem foco para alcançar aquilo que deseja.

Costumo dizer, “Aquele que não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve.”, e quem não sabe onde quer chegar na maioria das vezes não esta satisfeito onde esta.

Definir, metas e objetivos para seu futuro profissional é criar um “Plano estratégico pessoal”, saber onde se quer chegar com metas bem definidas e atingíveis (nada de ter como objetivo ser milionário em um ano, a não ser que você ganhe na mega sena) para sua vida.

Uma ferramenta que pode ajudar a elaborar e executar este planejamento é o chamado Roda de Demming ou Ciclo PDCA.

pdcaO ciclo PDCA é um método que visa controlar e conseguir resultados eficazes e confiáveis nas atividades de uma organização, neste caso nossa carreira é nossa organização. É um eficiente modo de apresentar uma melhoria no processo, evita erros lógicos nas análises, e torna as informações mais fáceis de se entender.

Este ciclo está composto em quatro fases básicas: Planejar, Executar, Verificar e Atuar corretivamente.

 

Passo 1. TRAÇAR UM PLANO (PLAN) –
Este passo é estabelecido com bases nas diretrizes da empresa. Quando traçamos um plano, temos três pontos importantes para considerar:

a- Estabelecer os objetivos, sobre os itens de controles

b- Estabelecer o caminho para atingi-los.

c- Decidir quais os métodos a serem usados para conseguí-los.

Após definidas estas metas e os objetivos, deve-se estabelecer uma metodologia adequada para atingir os resultados

Passo 2. EXECUTAR O PLANO (DO) –
Neste passo pode ser abordado em três pontos importantes:

a- Treinar no trabalho o método a ser empregado.

b- Executar o método.

c- Coletar os dados para verificação do processo.

Neste passo devem ser executadas as tarefas exatamente como estão previstas nos planos.

Passo 3. VERIFICAR OS RESULTADOS (CHECK) –
Neste passo, verificamos o processo e avaliamos os resultados obtidos:

a- Verificar se o trabalho está sendo realizado de acordo com o padrão.

b- Verificar se os valores medidos variaram, e comparar os resultados com o padrão.

c- Verificar se os itens de controle correspondem com os valores dos objetivos.

Passo 4. FAZER AÇÕES CORRETIVAMENTE (ACT) –
Tomar ações baseadas nos resultados apresentados no passo 3.

a- Se o trabalho desviar do padrão, tomar ações para corrigir estes.

b- Se um resultado estiver fora do padrão, investigar as causas e tomar ações para prevenir e corrigi-lo.

c- Melhorar o sistema de trabalho e o método

Se me recordo bem da analogia feita em sala de aula. (PLAN) Se o plano é conquistar uma garota. (DO) Você vai levar-la para sair, conversar etc.. (CHECK) Como não rolou nada alguma coisa falhou, então é hora de avaliar o que causou falha do plano. (ACT) Corrige-se então os erros, se veste melhor, prepara algumas flores, muda o papo e segue para o ciclo novamente!

Espero que tenham gostado.

Abraços.

Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta

3 pensamentos em “Planejamento Estratégico Pessoal