Como ser um bom programador 11


22180302 Essa pergunta incomoda a cabeça de muitos sem uma única resposta, por outro lado existem os que se enquadram como bons programadores porem sem um meio eficaz de mensurar o quanto se acha que é bom naquilo que se faz. Mas sempre haverá quem procure saber o que dever ser feito para ser um.

O que precisamos deixar claro é que não há receita de bolo para ser um bom programador.  Também não é ser um Super programador, o que existe são esforços que fazem a diferença entre um bom programador e um programador mediano. Algumas oportunidades de emprego para desenvolvimento de sistema pode parecer engraçado aos já programadores empregados ou desesperador aos que querem ingressar neste mercado, quando mostra a vasta lista de qualificações exigida do candidato. Um oceano de qualificações com salários incompatíveis  com tais qualificações. Resultado, a vaga acaba nunca sendo preenchida.

Vou mostrar aqui algumas competências que julgo essencial para o bom programador, apoiada principalmente em minha experiência profissional com desenvolvimento de sistemas (9 anos) e contato com outros profissionais da mesma área.

Primeiramente precisamos responder a seguinte pergunta:

O que é ser um bom programador ?

Pergunta simples porem difícil de responder uma vez que é muito subjetiva sua resposta. A resposta ideal para esta pergunta depende muito do contexto no qual ela esta inserida, sob diversas concepções pode ser dominar uma linguagem quando poucos a dominam, ser eficiente no cumprimento de tarefas quando o mais importante é terminá-las sem se preocupar em como deve ser feita etc.

Se incluirmos esta pergunta dentro de um contexto restrito onde temos o papel do programador como o profissional que codifica (veja Programador e Desenvolvedor) podemos mapear algumas características que se destacam. Vamos a elas.

Ser autodidata

Considero este item como um das mais importantes características de um bom programador, a pessoa com capacidade suficiente para aprender por si só e buscar o conhecimento que lhe falta tem mais facilidade para superar as dificuldades computacionais do dia-a-dia. Nós seres humanos temos uma capacidade muito grande de nos acomodar, se conformar com a posição ou cargo que nos encontramos. Deixar tudo como esta é mais fácil que buscar conhecimento extra quando não se precisa dele naquele momento. Já vi programadores  não fazer o mínimo de esforço para aprender novidades, pois o que já sabem é o suficiente para realizar suas tarefas. Caros leitores o capital humano deve ser sua maior qualificação e fonte de investimento, o que você aprende não lhe pode ser roubado, e é de sua responsabilidade agregar mais valor ao seu conhecimento para que assim progrida e tenha um maior retorno financeiramente. Treinamentos, cursos, palestras ajudam mas não podemos esperar por elas.

Saber buscar informação

Buscar informação e transformá-la em conhecimento que resolva seu problema é uma dádiva que deve ser aperfeiçoada a cada dia. Em um mundo de informações que temos disponível hoje através da internet bons programadores devem usar este recurso ao seu favor e saber filtrar o útil do inútil.  Saber consultar a documentação de uma biblioteca (Javadoc no caso do Java) ou utilizar o Google com eficiência pode lhe poupar horas e horas de trabalho (veja Dicas sobre o Google, Guia de Referência Rápido para o Google).
Busque informação mas dissemine seu conhecimento, assim outros programadores que passar pelo mesmo problema poderá ser beneficiado. Como se faz isso ? Participe de fórum de discussões. Toda linguagem de programação tem algum fórum onde usuários trocam problemas/soluções. O interessante dessa ferramenta é que quanto mais você ajuda mais é ajudado, e acaba formando uma rede de contato no qual pode contar quanto tiver com aquele big “BUG” para resolver.  Conheça três ótimos exemplos de fórum acesse JavaFree , PortalJava e GUJ.

Essas são as duas características que considero essenciais. Se você é autodidata e sabe buscar a informação que precisa o céu é o limite para que se torne um excelente programador. Agora existem alguns itens que pode melhorar a qualidade do seu serviço.

  1. Assuma responsabilidades
    Se sua implementação deu certo, orgulhe-se por isso se deu errado assuma e tente identificar onde foi o erro para que não o cometa novamente.
  2. Aceite opiniões mas monte sua solução
    Opiniões sobre como resolver um problema são sempre bem vinda, principalmente de programadores mais experientes. Agora o que acontece quando dois ou mais programadores experientes lhe dão opiniões diferentes ? Você vai na sorte ? Não, existe diversas formas diferente de resolver o mesmo problema então você deve saber usar o que tem de melhor em cada das soluções e montar sua solução. Alem do más, quem vai ser responsável por ela funcionar ou não é você.
  3. Foco no problema x Foco na solução
    Se você focar no problema mais problemas você vai encontrar, bom programadores focam na solução e assim resolvem seus problemas mais rápidos.
  4. Não seja convencido
    Bons programadores não são convencido, esforce para resolver seus problemas, pense re-pense, mude de estratégia, implemente, teste, mas admita quando precisa de ajuda e recorra a ela quando tiver a quem recorrer. Antes de pedir ajuda “aos especialistas” formule bem sua pergunta, um simples: “Esta dando erro aqui” ou “Não esta funcionando” não vai te ajudar, muitas vezes com uma boa pergunta já é possível encontrar a resposta. Quantas vezes já me deparei com desenvolvedor explicando a complexibilidade de não estar conseguindo resolver certo problema e pelo simples fato de explicar de forma ordenada e organizada já acabam encontrando a solução. É claro que isso já aconteceu comigo também. Acredito que quando vamos explicar algo para outra pessoa seguimos uma série de procedimentos lógicos e damos mais atenção ao que fazemos/falamos. O que não acontece quando se esta de cabeça quente quanto algo não funciona.

    Por último mas não o último!

     

  5. Programe para os outros
    Codificar com qualidade é escrever código que outros programadores entendam. Comente seu código, documente o que você escreve, seja simples no seu código e por fim copie e cole com moderação.

Esses são os principais itens que separei para falar neste post, sintam se a vontade para opinar sobre eles ou expor outros que julgar importante.
Abraços.

Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta

11 pensamentos em “Como ser um bom programador

  • Fausto Ferreira

    Eduardo, parabéns pelo tópico, achei ótimo. Como o Leandro disse, estes tópicos que você está escrevendo é de grande valia para nossos estudos, aprendemos não somente a parte técnica, mas também muitas dicas são para mudarmos o jeito de pensar e agir, o que só contribui para nosso futuro profissional. Com certeza, temos muito a aprender ainda, mas sabemos que só ficará ao nosso alcance se traçarmos um objetivo de sempre buscar a informação e jamais devemos ficar esperando que ela chegue até nós.

  • Leandro M. malta

    Parabéns.
    Excelente artigo.
    Sempre quis ser um programador mas precisava de um empurrão, pois sou iniciante neste ramo, ainda estou estudando mas pretendo seguir em frente com a minha idéia de ser um bom programador.
    Este material foi como um puxão de orelha, e com ele percebi que meu esforço para aprender ainda é muito pouco, devo me dedicar mais.
    Muito obrigado pelas dicas.
    Novamente parabéns pelo excelente trabalho.
    Abraços.

    LMM

    • Eduardo Costa - Dime Autor do post

      Obrigado pelo comentário Leandro. Tem uma frase que gosto muito. "Quanto mais eu treino mais sortudo fico" Gosto dela por causa do trocadilho Sorte vs. Treino, se você treina para ser bom em alguma coisa a sorte sera fruto de seu treino, o que ocorre é que muitas pessoas não treinam (estudam, programam, corre atraz) e se dizem sem sorte… por que sera!?