Como reprovar na aula de Programação 8


ilustra Este é um guia com tudo que você sempre quis saber para “rodar” facilmente e com tranqüilidade nas disciplinas de Orientação a Objeto,  Programação Orientada a Objeto, Programação Estruturada ou qualquer outra da grade curricular de sua faculdade.

Siga pelo menos um destes passos e seja feliz, a reprovação estará praticamente garantida!

download_icon_big Baixe todo conteúdo da matéria disponibilizado pelo professor ou boas apostilas sobre o assunto encontrado na internet. Depois carregue impresso ou na Pendrive o tempo todo, pois elas criam um campo magnético onde você aprende por osmose. NÃO LEIA nenhuma delas, pois isso desfaz imediatamente o campo e você não vai aprender nada!

ill_workgrp_sm

Quando fizer trabalhos em grupo, pendure-se em um grupo qualquer e não levante um dedo para fazer o trabalho. Lembre-se de que mais tarde você vai ter de fazer prova, e não deve estar esgotado de tanto pensar em algoritmos ou linguagem de programação!

blog_librarycompare Não entre nunca na biblioteca, nem para devolver livro dos outros. Você pode achar algo interessante para ler, e isso arruinaria o seu final de semana.

comp O Laboratório de Informática deve ser evitado a todo o custo! Além do desgastante contato direto com o computador, você ainda corre o risco de aprender a programar de verdade, portanto proteja-se!

images Listas de exercícios são para os incompetentes, por isso você deve ignorá-las. Dê risada quando encontrar alguém fazendo. Se preciso, copie e cole os exercícios resolvido do colega ou pegue qualquer “porcaria” pronta da internet.

images2 Use a aula para colocar a conversa em dia, afinal você nunca sabe quando vai ver seus amigos outra vez.

write Se você for do sexo masculino, não anote nada e copie o conteúdo do caderno de uma menina. Se você for do sexo feminino, não anote nada e copie de outra menina. Afinal, para ir bem nas provas basta decorar a matéria!

images3 Apostilas, slides ou qualquer conteúdo extra não são para ler, apenas colocar embaixo do travesseiro ou do monitor já produz um enorme efeito mental. Mais que isso é exagero..

multipagedemofile_icon_skewed Entregar qualquer coisa com uma capinha legal e espaçamento duplo é certeza de boa nota. Junte suas páginas preferidas da Internet e não esqueça de usar um clips colorido. Afinal, na Internet sempre tem o trabalho que você precisa, e o professor não vai nem olhar mesmo…

icon-research-completed Só os incompetentes estudam muitos dias antes da prova. Os feras de verdade nem estudam, e evitam ficar com olheiras. O negócio é concentração, na hora da prova é só se concentrar que as respostas surgem na cabeça.

read Se recuse a ler qualquer coisa que esteja escrita em inglês! Afinal, você só vê filme estrangeiro se tiver legenda, e com livros deveria ser a mesma coisa… Até mesmo porque tudo que você precisa pode ser encontrado nos livros em português.

Lembre-se sempre da poesia

Se der sol vá para o shopping,
Se chover fique na cama,
Ou então vá para o bar,
Não tem jeito de passar.

Boa Sorte!!!

Adaptação do Texto de João Batista e Marcelo.

Últimos 5 artigos de Eduardo Costa

Sobre Eduardo Costa

De Campinas-SP, bacharel em Sistema de Informação pela Anhanguera Educacional e pós graduado no curso de MBA em Gestão de Projetos e Metodologia do Ensino Superior. Atualmente trabalha como arquiteto e desenvolvedor Java em empresa de desenvolvimento de software de suporte a tomada de decisão, além de ministrar aulas de Orientação a Objeto, Linguagem Java e XML. Já atuou como líder técnico, coordenador de produto e analista de negócios.

Deixe uma resposta

8 pensamentos em “Como reprovar na aula de Programação

  • Marco - 1ª turm

    sempre incansável Mestre Eduardo.
    o que eu percebo quando lidava com programação na faculdade, e no meu trabalho mesmo com softwares como autocad, mapinfo, e outros…é que por mais que pareça que tudo é óbvio, ao iniciar-se um dialogo em grupo, ou trabalho onde as pessoas verdadeiramente se comunicam, (diferente de trocar informações)…aparece sempre muita coisa para se explorar.
    mesmo que isso se repita em cima do mesmo tema.
    eu tenho um teoria minha, que pratica-se muito a troca da informação –>mas infelizmente, não a comunicação.
    a comunicação, é o entendimento, enquanto que a informação, é objeto (essa do objeto vc gostou em Mestre Eduardo?)
    gostei do tema — relevante em N campos!

  • Viviane Sales

    Olá Professor, ótimo post, pena q isso exista em peso, e pior essa galera dá um jeito de ser aprovado, me revolta ver alunos que não deram o sangue, não estudaram, se penduraramem outros e a cada semestre eles surgem na sala de aula, a instituição de ensino tem tbem sua parcela de culpa, até que ponto os alunos são instigados a estudar para não somente serem aprovados? com média 4,65 já se é aprovado, pq arredonda pra 5, acho isso deplorável, mas enfim, o que me alegra em continuar a luta e estudar cada dia mais é que o mercado vai filtrar esses futuros "profissionais" aí o bixo pega.

    Abraços!
    Viviane Sales

  • Fábio Vieira

    Artigo bastante interessante Eduardo!

    Mas nos dias de hj, o que vejo muito não é só alunos fingindo que estão aprendendo somente p/ passar na matéria, e sim muitos professores fingindo que estão ensinado tb…

    Ou seja: Professores fingem que ensinam e alunos fingem que estão aprendendo. Isso é muito preocupante para nosso mercado de trabalho.

    😯