Gestão de Projetos em Campinas 6


SOBRE SE OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO E MBA EM GESTÃO DE PROJETOS NA CIDADE DE CAMPINAS APLICAM OS CONCEITOS DO PMBOK

Resumo

A importância deste estudo mostra uma preocupação por parte de seus autores, se os estudantes formados nestas instituições absorverão todos os conceitos de gerenciamento de projetos, divididos em nove áreas no PMBOK. São elas: gerenciamento da integração de projetos, gerenciamento do escopo do projeto, gerenciamento da qualidade do projeto, gerenciamento de riscos do projeto, gerenciamento de custos do projeto, gerenciamento de recursos humanos do projeto, gerenciamento da comunicação do projeto, gerenciamento de aquisições do projeto e gerenciamento do tempo do projeto.

Introdução

Com a vinda de várias empresas multinacionais para a região de Campinas, cidade situada no interior do Estado de São Paulo, principalmente nas áreas de informática, telecomunicações e logística, o interesse pela área de projetos por essas empresas provocou nas instituições universitárias a busca na criação de cursos de especialização e de MBA em Gestão de Projetos.

Porém, constata-se que algumas instituições praticam preços inferiores em relação aos preços cobrados em cursos de graduação, enquanto outras instituições praticam preços muito superiores. Dessa forma, o interessado em estudar gestão de projetos em um nível de pós-graduação, deve antes de se inscrever neste curso, verificar quais são as instituições que oferecem esse curso e comparar suas grades curriculares. Este estudante deve, por ter interesse nesta área, possuir uma noção do conceito da palavra projeto e o que está envolvido neste universo de conhecimento. Para isso é imprescindível ele possuir pelo menos a noção básica do que significa cada uma das nove áreas que abrange a gestão de projetos.

Segundo o PMBOK Guide, um guia desenvolvido por profissionais voluntários de projetos associados ao PMI, cada uma dessas áreas são definidas da seguinte forma:

  • Gerência da Integração do Projeto é a área que descreve os processos necessários para assegurar que os diversos elementos do projeto sejam adequadamente coordenados.
  • Gerência do Escopo do Projeto é a área que descreve os processos necessários para assegurar que o projeto contemple todo o trabalho requerido, e nada mais que o trabalho requerido, para contemplar o projeto com sucesso.
  • Gerência do Tempo do Projeto é a área que descreve os processos necessários para assegurar que o projeto termine dentro do prazo previsto.
  • Gerência do Custo do Projeto é a área que descreve os processos necessários para assegurar que o projeto seja contemplado dentro do orçamento previsto.
  • Gerência da Qualidade do Projeto é a área que descreve os processos necessários para assegurar que as necessidades que originaram o desenvolvimento do projeto serão satisfeitas.
  • Gerência dos Recursos Humanos do Projeto é a área que descreve os processos necessários para proporcionar a melhor utilização das pessoas envolvidas no projeto.
  • Gerência das Comunicações do Projeto é a área que descreve os processos necessários para assegurar que a geração, captura, distribuição, armazenamento e pronta apresentação das informações do projeto sejam feitas de forma adequada e no tempo certo.
  • Gerência dos Riscos do Projeto é a área que descreve os processos que dizem respeito à identificação, análise e resposta a riscos do projeto.
  • Gerência das Aquisições do Projeto é a área que descreve os processos necessários para a aquisição de mercadorias e serviços fora da organização que desenvolve o projeto.

Assim, o estudante interessado em estudar gestão de projetos na pós-graduação, deve, a partir desses conceitos, analisar qual é a melhor ou quais são as melhores instituições de ensino superior que oferecem o curso de especialização ou MBA em gestão de projetos com a qualidade exigida pelo mercado e pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura).

Metodologia

Para se descobrir se os cursos de especialização e MBA em Gestão de Projetos aplicam as nove áreas do PMBOK, é necessário primeiramente fazer um levantamento de todas as instituições de ensino superior da cidade de Campinas. Através da internet e listas de anúncios, identificamos as seguintes instituições presentes em Campinas: Senac, Metrocamp, Policamp, Fundação Getúlio Vargas – FGV, IPEP, Mackenzie, Faculdade Comunitária de Campinas – FAC, Universidade São Francisco – USF, Unisal, UNIP, Unicamp, PUCCAMP, Facamp, Iescamp, IBTA e INPG.

Feito esse levantamento, verificamos se estas instituições oferecem o curso de especialização ou MBA em Gestão de Projetos. Identificamos as seguintes instituições que oferecem esse curso: FGV, Mackenzie, Senac, Unip, USF, Policamp, FAC, INPG e IBTA. A Unicamp oferece o curso de extensão em gerenciamento de projetos, porém como o foco deste artigo científico é sobre os cursos de especialização e MBA, não estaremos considerando esta instituição em nossa análise.

Após mapear essas instituições, elaboramos um questionário que foi enviado para cada coordenador do curso de Gestão de Projetos, conforme modelo abaixo:

QUESTIONÁRIO

NOME DA INSTITUIÇÃO

Coordenador(a):

1. A instituição possui curso de Gestão de Projeto?
2. O curso é especialização, MBA ou extensão?
3. O curso é reconhecido pelo MEC?
4. Qual a grade curricular?
5. O curso utiliza os conceitos do PMBOK?
6. O curso abrange a nove áreas do PMBOK?
7. Todos os professores são credenciados pelo PMI?
8. O curso é credenciado pelo PMI?

Todos os coordenadores destas instituições responderam todas as perguntas do questionário aplicado.

Análise de Dados

Respondidos todos os questionários, a próxima etapa foi compilar esses dados nas principais perguntas deste questionário, conforme a tabela 1 abaixo:

 

MBA_Tab_01

Tabela 1. Instituições que oferecem o curso de especialização e MBA em Gestão de Projetos

Dessa forma, para elaborar um ranking entre qual é a melhor instituição que oferece o curso de especialização e a melhor instituição que oferece o curso de MBA em Gestão de Projetos, foi definida a seguinte pontuação para cada critério:

  • Peso 5 para o item “Foco no PMBOK”;
  • Peso 3 para o item “Professores Certificados”;
  • Peso 2 para o item “Parceria com o PMI”;
  • Resposta “SIM” é igual a 1;
  • Resposta “Não” é igual a 0;
  • Resposta “Alguns” é igual a 0,5.

Dessa forma, a tabela 2 mostra a classificação das instituições de oferecem o curso de especialização em Gestão de Projetos:

MBA_Tab_02

Tabela 2. Classificação das instituições que oferecem o curso de especialização em Gestão de Projetos

O Senac é a instituição que possui todos os requisitos. Todos os seus professores são certificados pelo PMI, sua grade curricular apresenta uma disciplina para cada área de conhecimento de projetos e é a única instituição da cidade de Campinas credenciada pelo PMI. A Policamp possui alguns professores certificados pelo PMI, sua grade curricular apresenta uma disciplina para cada área de conhecimento de projetos, porém ela não possui parceria com o PMI ou com qualquer outra instituição da área de projetos. A USF possui todos os seus professores são certificados pelo PMI, porém sua grade curricular não apresenta todas as áreas de projetos e não possui parceria com o PMI. O Mackenzie não possui professores certificados pelo PMI, sua grade curricular apresenta todas as áreas de projetos em cada disciplina, porém não possui parceria com o PMI. A Unip e a INPG possuem alguns professores certificados pelo PMI, porém suas grades curriculares não apresentam todas as áreas de projetos e não possui parceria com o PMI.

Abaixo a tabela 3 mostra a classificação das instituições de oferecem o curso de MBA em Gestão de Projetos:

MBA_Tab_03

Tabela 3. Classificação das instituições que oferecem o curso de MBA em Gestão de Projetos

Analisando a tabela 3, verificamos que a FGV e o IBTA possuem alguns professores certificados pelo PMI, suas grades curriculares apresentam uma disciplina para cada área de conhecimento de projetos, porém elas não possuem parceria com o PMI. A FAC por sua vez não possui professores certificados pelo PMI, sua grade curricular não apresenta todas as áreas de projetos e não possui parceria com o PMI.

Considerações Finais

Este artigo científico se propôs identificar quais instituições de ensino de Campinas oferecem os cursos de especialização e MBA em gestão de projetos, e se aplicam os conceitos das nove áreas do PMBOK Guide definidos pelo PMI (integração, aquisição, risco, recursos humanos, qualidade, comunicação, escopo, prazo e custos).

Identificamos que apenas o Senac atende a todos os requisitos de que um bom curso de gestão de projeto deve possuir. Ser credenciada pela maior instituição sem fins lucrativos do mundo de gerenciamento de projetos, possuir um corpo docente com experiência e certificação na área de projetos e uma grade curricular que, além de apresentar várias disciplinas para a formação de gestores em projetos, contém uma disciplina para cada área de gerenciamento de projetos, conforme está descrita no PMBOK, faz com que esta instituição e seus alunos se destaquem nesse mercado. As demais instituições, possuem boas grades curriculares, mas nem todo corpo docente possui certificação ou experiência em projetos, nem todas aplicam disciplinas para cada área do PMBOK e não são credenciadas por alguma instituição da área de projetos.

Referências Bibliográficas

Project Management Institute, Inc, Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, Terceira Edição (Guia PMBOK), Project Management Institute, Inc, 2004.

Grade curricular do curso de especialização em gestão de projetos da Faculdade Policamp. Disponível em: <http://www.policamp.edu.br/>. Acesso em: 16 jun. 2008.

Grade curricular do curso de especialização em gestão de projetos da Faculdade Senac. Disponível em: <http://www.sp.senac.br/>. Acesso em: 16 jun. 2008.

Grade curricular do curso de especialização em gestão de projetos do Instituto Nacional de Pós-Graduação – INPG. Disponível em: <http://www.inpg.edu.br/.> Acesso em: 17 jun. 2008.

Grade curricular do curso de MBA em gestão de projetos da Faculdade Comunitária de Campinas – FAC. Disponível em: <http://www.unianhanguera.edu.br/>. Acesso em: 17 jun. 2008.

Grade curricular do curso de MBA em gestão de projetos da Fundação Getúlio Vargas – FGV. Disponível em: <http://www.fgv.br/>. Acesso em: 17 jun. 2008.

Grade curricular do curso de MBA em gestão de projetos da Faculdade Mackenzie. Disponível em: <http://www.mackenzie.br/>. Acesso em: 18 jun. 2008.

Grade curricular do curso de especialização em gestão de projetos da Universidade Paulista – UNIP. Disponível em: <http://www.unip.br/>. Acesso em: 19 jun. 2008.

Grade curricular do curso de especialização em gestão de projetos da Universidade São Francisco – USF. Disponível em: <http://www.usf.br/>. Acesso em: 19 jun. 2008.

Grade curricular do curso de MBA em gestão de projetos da Faculdade IBTA. Disponível em: <http://www.ibta.com.br/>. Acesso em: 19 jun. 2008.

Autores: Marcelo Castilho1
Fábio Gimenez
Geison Munsignatti
Tiago Ferreira
Thiago Sabino
Orientadora: Profa. Célia Cassiano2

1 Pós-Graduandos do curso de MBA em Gestão de Projetos da Faculdade Comunitária de Campinas – FAC III
2 Profa. Orientadora

Últimos 5 artigos de Marcelo Castilho

Deixe uma resposta

6 pensamentos em “Gestão de Projetos em Campinas